Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Combatendo a dengue

>> quinta-feira, 3 de abril de 2008

Desculpem-me o mau humor no post de ontem. Já passou =p Aliás, passou ontem mesmo. Graças a Deus me controlei e consegui perceber que minhas filhas não tinham culpa por estarem irritadas, afinal foram acordadas antes da hora. Mas não existem culpados na verdade. Elas me estressaram por estarem irritadas, estavam irritadas por terem sido acordadas, mas o japonês que me ligou também não tinha obrigação de saber que eu deixei o celular carregando no quarto e que minhas filhas estavam dormindo nesse mesmo quarto. Aliás, ele sequer sabe que eu tenho filhas. Enfim, passou o mau humor, é o que importa.
Daqui a pouco vou sair pra aparar a juba. Preciso urgentemente dar um jeito no meu cabelo, está sem corte, escorrido e lambidão. Acho que vou deixar crescer novamente, outro dia estava olhando as fotos antes de engravidar e fiquei com saudades do cabelão que passava a cintura. Será que vou ter paciência pra esperar crescer???

Bom, o que isso tudo tem a ver com o título do post? Nada... hehehe... Vou deixar aqui um texto que acabei de receber por email e achei interessante. Sei que está tendo epidemia de dengue no Rio e acho que toda e qualquer informação é útil. Será um legítimo Ctrl+C/Ctrl+V na mais dura cara-de-pau.

MOSQUITÉRICA

A mosquitérica foi inventada por um professor da UFRJ (Maulori Cabral) em parceria com biólogos da Fiocruz. Foi testada por eles e realmente funciona. É muito simples sua construção.

Você vai precisar de garrafa PET, microtule, arroz, lixa, fita isolante e tesoura.
  • Pegue uma garrafa PET de 1,5 litros ou mais.
  • Corte a parte superior para fazer uma espécie de funil.
  • Corte cerca de 10 cm da Pet, parte da base da garrafa.
  • Lixe a parte interna do pedaço similar a um funil, pode ser utilizada uma lixa para madeira granulação 60, 100 0u 120.
  • O objetivo é deixar a superfície interna bem áspera em toda a sua extensão.
  • Utilizando o “anel“ parte da tampa da própria garrafa, faça um fechamento com um pedacinho de tela dobrado, (não serve o tule de véu de noiva, pois o buraco é grande o suficiente para que o mosquito passe).
  • Coloque cinco grãos de arroz, ou de alpiste amassados, ou ainda ração para gatos dento da parte inferior da garrafa Pet (não use ração para cachorros pois contém gordura e vai afastar o mosquito).
  • Sele as duas partes com fita isolante.
  • Está pronta a armadilha para a fêmea do mosquito transmissor da dengue.
  • Encha com água limpa até cerca de 3 cm da borda do funil.
  • Complete a água à medida que a mesma for evaporando
  • Coloque a armadilha no quintal ou onde ficam os mosquitos.
É necessário ser um local sombreado, a fêmeas do mosquito não gostam de sol.
A fêmea do mosquito, verfica onde está havendo evaporação da água para colocar os seus ovos.

Porque é necessário lixar o “funil”?
A superfície fica corrugada e com isso a água sobe por capilaridade, aumentando a taxa de evaporação atraindo mais facilmente a fêmea do mosquito “Aedes Aegypti”.

Porque é necessário colocar os grãos de arroz ou alpiste amassados?
A fêmea só põe ovos onde ela identifica que a água possui alimento para as larvas. Até “os mosquitos” têm instinto materno.
Os ovos descerão pelos buracos da tela e ficarão na parte inferior do recipiente a tela, serve de elemento de ligação entre as duas partes e não permite que as larvas passem para a parte superior do recipiente. A presença da barreira de tela é muito importante, se ela estiver rasgada/destruída ao invés de um armadilha para o mosquito você estará fornecendo um criatório para o mesmo.
  • Periodicamente esvazie a parte inferior e mate as larvas com cloro.
  • Verifique se está tudo OK com a tela e encha novamente a armadilha com água.
  • Verifique a sua armadilha todos os dias.
O mosquito adulto vive de 30 a 35 dias, e as fêmeas põem ovos de quatro a seis vezes, nesse período. Em cada vez, ela põe cerca de 100 ovos, sempre em locais com água limpa e parada.
Se não encontra recipientes apropriados para depositar seus ovos, a fêmea pode voar distâncias de até três quilômetros até localizar um ponto que considere ideal. A temporada de chuva, complica as coisas: um ovo de aedes aegypti pode sobreviver até 450 dias – um ano e dois meses – mesmo que o local em que ele foi depositado fique seco.
Se esse local receber água novamente (quando há uma chuvarada, por exemplo), o ovo volta a ficar ativo, podendo se transformar em larva e depois em pupa, e atinge a fase adulta num prazo curtíssimo: de dois a três dias.

A MATEMÁTICA DA MOSQUITÉRICA.

Faça como eu: construa dez armadilhas, espalhe 5 pelo seu quintal e dê as outras 5 aos vizinhos, amigos, parentes.
Peça que cada um deles faça o mesmo.
Veja os números de armadilhas que teremos a cada ciclo:

Ou seja, se cada um fizer a sua parte em 3 rodadas apenas teremos 1.560 armadilhas, enganando as fêmeas do mosquito. Em até 35 dias a fêmea do mosquito estará morta e se não tiver colocado os ovos em local onde os ovos se transformem em mosquitos, teremos (1.560 x10 x 100 = 1.560.000) mosquitos a menos.

O nº é este mesmo: mais de 1,5 milhões de mosquitos, considerando que cada armadilha engane pelo menos 10 fêmeas e que estas fêmeas coloquem ovos apenas 4 vezes na sua vida adulta.

Número de mortes por dengue no Rio sobe para 48 (e esse número pode ser maior).
Rio de Janeiro - A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro informou quarta-feira (12) que já foram confirmadas 48 mortes por dengue no estado neste ano.
O número já é maior do que o registrado em todo o ano passado – 30 – e somente na capital foram 19 mortes.

Ao todo, são 23.294 os contaminados pelo vírus da dengue no estado, com 245 casos confirmados de dengue hemorrágica.
O maior número de casos também se concentra na capital, que instalou ontem o Centro de Comando da Operação contra a dengue, operado pela Defesa Civil Municipal. As informações são da Agência Brasil.

CONCLUSÃO:

Vamos dar a nossa contribuição para interromper esta situação.

Não vou abordar os outros cuidados para não disponibilizar criatórios para os mosquitos. Você já os conhece, mas também é necessário colocar em prática.



E aqui o link da matéria no site do Jornal Hoje (Globo) veiculada em 15/03/2008: Luta contra a dengue

E mais a matéria que saiu no Globo Online: Mosquitoeira.

7 Comentário(s):

evipensieri 12:23 AM, abril 06, 2008  

Oi Hérika,

Muita calma, respire fundo que tudo vai dar certo.

Bjs.
Elvira

Carol 8:19 PM, abril 07, 2008  

Hérika, achei a idéia ótima. Mas nem precisa de tanto... é só a população contribuir com tudo aquilo que já se sabe: jogar areia nos pratinhos de vaso de planta, cuidar pra não ter água parada, verificar piscinas e caixas d'água...
Bjs!

Landinho,  1:23 AM, abril 10, 2008  

Oi Hérika, está sumida. Porisso tem uma lição de casa pra vc no meu blog. Um beijo

Adri /Dri /Drika 4:26 AM, abril 10, 2008  

Oiiiiii saudade de vc.... é verdade menina a Dengue da feia lá Rio, e em outros estados...Boa dica ... Bju ;)

Liz / Falando de tudo! 8:14 PM, abril 10, 2008  

Dia a Dia...isso as vezes irrita, mas também existe a mudança de estação, as alergias, chor de criança, mas como boas maes que somos, aprendemos a nos controlar!!
Muito boa idéia você postar sobre a dengue, agora existem até turistas portugueses que voltaram do Brasil pra Portugal com dengue, pode?
Ei, linda deixa teu cabelo crescer...ele vai ficar lindo!

Kelly Cristina 2:21 AM, abril 11, 2008  

Olá!
nem me fale de rotina adoraria ter uma novamente não essa loucura de finald ecurso em que eu estou vivendo, sem tempo pra nada.
a dengue já chegou em são paulo tambem, na sala do Edu uma das crianças esta afastada por dengue.
é absurdo que em pleno seculo 21 não se consiga dontrolar uma epidemia que ns anos 30 foi controlada!
deixa o cabelo crescer sim, as veze é bom mudar um pouco
bjos

Adri /Dri /Drika 8:44 PM, abril 11, 2008  

Oiiiii, tem um meme pra vc no meu blog ;)... Bom find :*

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

contador de visitas

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP