Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Hoje é dia de Cecília

>> sexta-feira, 7 de novembro de 2008



Photobucket

Ou isto ou aquilo
Ou se tem chuva ou não se tem sol,
ou se tem sol ou não se tem chuva!

Ou se calça a luva e não se põe o anel,
ou se põe o anel e não se calça a luva!

Quem sobe nos ares não fica no chão,
Quem fica no chão não sobe nos ares.

É uma grande pena que não se possa
estar ao mesmo tempo em dois lugares!

Ou guardo dinheiro e não compro doce,
ou compro doce e não guardo dinheiro.

Ou isto ou aquilo: ou isto ou aquilo...
e vivo escolhendo o dia inteiro!

Não sei se brinco, não sei se estudo,
se saio correndo ou fico tranqüilo.

Mas não consegui entender ainda
qual é melhor: se é isto ou aquilo.

Meu primeiro contato com o mundo de Cecília Meireles aconteceu quando estava no 3º ano do primário. Minha professora era fã incondicional da poetisa e nos mostrou o poema acima. Com 8 anos não entendi nada e achei uma poesia sem sentido. Mas Dona Iracema insistiu comigo e me trouxe o "Colar de Carolina"
Com seu colar de coral,
Carolina
corre por entre as colunas
da colina.

O colar de Carolina
colore o colo de cal,
torna corada a menina.

E o sol, vendo aquela cor
do colar de Carolina,
põe coroas de coral
nas colunas da colina.

Não sei o que deu em mim, lembro que me senti como em uma montanha-russa subindo e descendo no ritmo do poema e lembro que fiquei literalmente mareada (gente sugestionável é o Ó). Nova tentativa e ela me trouxe "A Bailarina"
Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.

Não conhece nem dó nem ré
mas sabe ficar na ponta do pé.

Não conhece nem mi nem fá
mas inclina o corpo para cá e para lá.

Não conhece nem lá nem si,
mas fecha os ohos e sorri.

Roda, roda, roda com os bracinhos no ar
e não fica tonta nem sai do lugar.

Põe no cabelo uma estrela e um véu
e diz que caiu do céu.

Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.

Mas depois esquece todas as danças,
e também quer dormir como as outras crianças.
Amei!!! FINALMENTE consegui entender sua leveza e musicalidade.
Dona Iracema foi minha grande incentivadora à leitura. Ela percebeu que eu gostava de ler e me presenteou com vários livrinhos da Edições Ouro. Nem sei se ainda existem, mas eram livros de bolso com estórias leves e estimulantes. Por conta disso tinha uma coleção respeitável desses livros. Mais tarde comecei a colecionar a Coleção Vagalume da Editora Ática, quem nunca precisou ler O Caso da Borboleta Atília ou O Escaravelho do Diabo no ginásio?
Bom, ela me deu o livro Ou Isto ou Aquilo e eu lembro de ter ficado dias e semanas dormindo com o dito debaixo do meu travesseiro pra ver se decorava os poemas que estavam ali escritos =p Técnica besta que eu li não lembro onde e sempre utilizava antes das provas. Claro que nunca deu resultado se eu não pegasse os livros pra estudar de fato.
Apesar de gostar muito de seus poemas, percebi que nunca parei pra ler sua biografia e hoje vi no blog da Luma Rosa que ela nasceu dia 7 de novembro de 1901 e faleceu dia 9 de novembro de 1964, apenas 2 dias depois de seu aniversário. E só agora me ocorreu que o livro Ou Isto ou Aquilo, que foi publicado em 1964, foi um dos últimos que ela escreveu.
Queria ter feito um post mais elaborado, ela merece uma coisa melhor do que um post escrito às pressas, mas eu simplesmente tinha me esquecido (essa eterna mania de adiar as coisas), só quando vi o blog da Luma que vi que o tempo passou e eu não tinha nada preparado =/
Encontrei uma biografia no Releituras pra quem quiser ver. Ou basta dar uma sapeada por aí que tem um monte de gente participando dessa blogagem coletiva com textos bem melhores do que o meu.
Esta blogagem foi elaborada por Leonor Cordeiro, visite o Na dança das palavras que tem uma lista dos participantes.

7 Comentário(s):

acqua 8:17 PM, novembro 07, 2008  

Não conhecia o seu blog ainda, vim até aqui graças a Cecília, ela poeta mágica e singular a minha pele e alma. Gostei muito do seu post. Abraços meus

luzdeluma 8:52 PM, novembro 07, 2008  

Foi às pressas que elaborou o texto? Poxa, ficou bom heim? Herika, eu não me lembrava quando entrei em contato com a poesia de Cecília e perguntei para a minha mãe se ela se lembrava. Ela disse que foi por causa de uma frase:

"Aprendi com a primavera; a deixar-me cortar e voltar sempre inteira."

Eu tinha 11 anos e começando a entrar na adolescência, ficando mocinha e tals; passei com essa frase a compreender melhor os ciclos da vida, os problemas que sempre existirão e a força que temos que ter para superar obstáculos. É, porque tudo que fica mal resolvido, retorna!

Boa blogagem!! Beijus

Carol 12:18 AM, novembro 08, 2008  

Também estou participando e também escolhi o Colar de Carolina! :o)
Bjs!

Adri 12:40 AM, novembro 08, 2008  

Herika Cecília foi muito presente na minha época de escola, se não me engano o primeiro poema que li foi de Cecília Meireles... sem duvida uma grande poetiza ;) Bju

Leonor Cordeiro 2:21 AM, novembro 12, 2008  

Querida Herika,

OBRIGADA! OBRIGADA! OBRIGADA!
Obrigada por você ter participado da blogagem coletiva.
Sua postagem está encantadora pois relata uma experiência muito especial - o encontro de uma criança com os poemas da Cecília.
Posso levar para o meu blog o seu relato?
Amei a Dona Iracema !
Viva Dona Iracema !
Viva a insistência da Dona Iracema !Uma professora que conseguiu tocar o seu coraçãozinho para os poemas da Cecília.
Obrigaaaaaaddda !
Posso levar o seu relato???
Um caminhão carregadinho de beijinhos e abraços para você !
Com carinho,

Leonor Cordeiro

Lizzie 9:16 PM, novembro 13, 2008  

Cecília tem meu encanto. Sempre teve.
Com a minha insistência, ela ganhou também um pouco do encanto da minha família. Paixões são assim, arrebatadoras.

Infelizmente não tive quem insistisse às minhas paixões literárias, mas graças a Deus elas vieram instintivas. Não existem muitas "D. Iracema's" por aí.Rsrs

Beijocas!
Linda quinta-feira!
www.lizziepohlmann.com

Dilberto 9:37 PM, novembro 14, 2008  

Escolhas perfeitas e, para um post "feito às pressas", achei perfeito! O relato sobre Dona Iracema já havia lido com Leonor e achei interessantíssimo! Parabéns! Também participo desta blogagem coletiva! Abraço!

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

contador de visitas

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP