Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Good News

>> quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Boas não. ÓTIMAS!!!

Ontem o tantousha do Helio ligou de novo aqui. Já estávamos esperando que ele ligasse pra avisar que o Helio não precisaria comparecer na fábrica até o final do aviso, pois aconteceu isso com a maioria dos que já foram dispensados. Ainda mais porque o Helio viu no calendário da fábrica que o nome dele estava na lista só até semana que vem.

O estranho foi o kakarichô dele ter ido pedir desculpas por ele ter que folgar duas semanas quando a fábrica vai fechar apenas uma semana, mas já foi explicando que em março ele vai ter bastante serviço. Ué, mas em março eu não vou tá mais trampando aqui. Pensou o Helio mas não falou nada. Será que ele não tava sabendo? Melhor esperar.

Bom, então o tantousha ligou e avisou que foi um mal entendido da parte dele e o Helio não foi cortado nada. Ele vai é ter duas semanas de folga remuneradas e depois voltar a trampar normalmente.

Acendi vela pra todos os santos e orixás que lembrei aqui e a entrega veio melhor que a encomenda =p

Brincadeiras à parte, estou é muito aliviada. Vou procurar um emprego, sim, assim que sair vaga no hoikuen. Mas pelo menos não preciso mais aceitar qualquer coisa numa sangria desatada. Já dá pra esperar o período de adaptação com mais calma também.

Agradeço a todos que torceram por nós. Estou feliz por demais.

Aliás, outra coisa que tem me deixado muito feliz é o fato da Melissa ter começado a usar o banheiro. Ou melhor, ela deixa eu sentá-la pra fazer xixi de hora em hora. Faz uma força danada tadinha, até pum soltou de tanta força que fez na barriga, mas conseguiu entender a diferença de fazer xixi e peidar. Antes que não aceitava ser levada ao banheiro quando sentia vontade de fazer suas necessidades agora não quer mais sair do banheiro. Arre, que é 8 ou 80. Vamos ver se até o fim desse ano consigo tirar a fralda dela de vez. A chupeta já tirei, graças a Deus. Chora de vez em quando pedindo mas já consegue dormir sem.

A fralda a incomoda e não sei por que mas esses dias um xixizinho que não troco na hora está assando a coitada. Aí quando saio com ela fica gritando:

- Itai itai piriquita! Mamãe, Merissa itai itai piriquita.

E sempre tem que ter alguém que entende o que ela tá falando por perto =/


Mudando completamente de assunto, quando li o post do Brito-san falando sobre os exames médicos das fábricas lembrei uma vez quando trabalhava ainda.

Trampávamos eu e minha vizinha, éramos cu e calça unha e carne. Ela com 20, solteira, namorando, eu com 36 e casada, sem filhos. Ambas tatuadas.

Veio um ônibus da Cruz Vermelha pedindo doações de sangue. Beleza, fomos lá na maior boa vontade pra matar trampo doar. Nos deram um puta questionário pra responder. Normal, acho que no Brasil também é assim, né. Nunca doei no Brasil porque eles exigiram que pesasse pelo menos 40 kg e eu esquelética só tinha 37 kg. Nunca pude fazer doação no Brasil (ôô sôdadi desse tempo que eu era magriiiiiiiiinha).

Ela estudou aqui, mas eu conseguia ler mais do que ela, interpretávamos marromenos e íamos assim até que o casal que estava atendendo percebeu nossa dificuldade e nos deu um papel com a tradução das perguntas (por que não nos deram desde o começo?). Ficou mais fácil assim, né. Aí nem nos demos ao trabalho de tentar ver se a tradução estava correta, íamos respondendo ali do jeito que entendíamos em português (era apenas para assinalar a resposta, tipo múltipla escolha).

Até que a certa altura tinha uma pergunta.

Pratica sexo?

Resposta: Sim.

Lógico, né. Sem maiores problemas, perfeitamente normal.

Próxima pergunta:

Quantas vezes por semana?

E havia um quadradinho pra colocarmos um número.

Aí já ficamos:

Pra que isso? Que diferença faz? Aí vai um:

- Tsss... Ah, coloca 5, aí.

O questionário das duas tava igual, já perceberam, né.

Entregamos e os caras ficaram lá lendo e se entreolhando. Minha amiga invocadinha:

- Que que eles tão rindo aí?

- Devem tá achando nossa frequência baixa... rsss...

Resumindo: não pudemos doar porra nenhuma, porque blá blá blá que a gente não entendeu direito mas deu a entender que era porque a gente transava demais.

Voltamos pra nossa sala e falamos que não conseguimos doar, porque a gente era sexualmente ativa. E se for esse o caso, eu não vou poder ser doadora nunca... Rimos muito e continuamos trabalhando.

Nessa hora uma japa que não queria doar porque tinha medo de agulha resolveu ir lá fazer a boa ação dela.

Voltou falando que a gente entendeu o questionário errado, porque ela era casada também, mantinha relações com o marido e pode doar. A pergunta, ou melhor, a tradução correta da pergunta seria:

Pratica sexo grupal?

E nós respondemos sim, 5 vezes por semana.

Eles devem ter pensado: Gaijins depravadas!

10 Comentário(s):

Hidemi 3:44 AM, fevereiro 05, 2009  

viu muier... te disse que ia ficar tudo bem ^^ fiquei feliz por vcs...
ahahah a historia da doacao de sangue foi demais... eu nunca doei sangue aki, nao sabia q tinha uma pergunta dessa no questionario...

Carol 10:53 PM, fevereiro 05, 2009  

estou muito feliz! tentei responder seu email pelo celular logo quando vi, mas devo ter feito algo errado que pelo visto não foi. :-)
parabéns mesmo!
bjs e boa sorte na procura do emprego, vc também vai achar um logo logo, continuo na torcida!

Andreza & Teru,  11:44 AM, fevereiro 06, 2009  

kkkkkk esse teu post de hj foi d+ engraçado, itay,itay piriquita rss doação de sangue afffff sua malucaaa kkk Que bom que o Hélio recuperou o trabalho né! Bjokas***

Bah 1:43 PM, fevereiro 06, 2009  

Nossa, isso é mal entendido que se faça? rs... deixou vcs com o coração na mão. Mas ainda bem que deu tudo certo. Espero, de coração que as coisas melhorem e se ajeitem pra vcs ai pq eu ainda não tenho filhos, mas se tivesse, estaria tentando ficar aqui de qq jeito tb. Agora essa história da doação de sangue foi DEMAIS! Adorei! Imagina a cara dos caras olhando a ficha e imaginado que vcs duas e pá rs....

Kisu!

cilene 7:06 PM, fevereiro 06, 2009  

Oh Deus, coisas de linguas que nao sao da gente. Estou feliz pelo seu marido; espero que essa crise passe logo para todos.

PS para ver as legendas, tem uma especie de triangulo no lado direito dos vidoes do youtube. vc clica nesse quadrinho e tem as opcoes, nao sei todas as opcoes, mas tem um opcao que que diz ativar legenda. pronto, clica la que vc ver. beijos e estou 100% feliz por vc e sua familia

Ciça Donner 12:53 AM, fevereiro 07, 2009  

Sexo grupal 5 vezes por semana??? Mana tu teve sorte deles nao terem chaamdo um exorcista, nao é nao??? hahahahahahahahahahaha

Maninha, GRACAS a DEUS o emprego do helio tá garantido. Égua que essa dita tá pegando todo mundo!!! Deixa essa vela ai acesa por precaução, viu??

luzdeluma 1:50 AM, fevereiro 07, 2009  

Minha primeira gargalhada do dia!! No questionario dizia que eram brasileiras? Meu Deuxxx!! Já temos uma fama...
Melissa pode ter desenvolvido uma alergia ao material usado na fabricação da fralda, pensou nisso? Tenho uma amiga que tem alergia a absorvente e desenvolveu depois de um tempo.
Boas novas, agora pode ficar tranquila!!
Bom fim de semana!! Beijus

Andreza 7:47 PM, fevereiro 07, 2009  

Herika,
Fiz um blog p mim!hihihi Bjinhos

Giovana Manzoli Capixaba 2:54 AM, fevereiro 09, 2009  

De uma passadinha lá no meu blog, pessoas inteligentes e espertas como vc são sempre bem vindas, não se esqueça de comentar, (por favor), os textos são legais, se gostar ... Me linka e/ou copia meu award! Bjos Giovana Manzoli.
giovanamanzoli.zip.net

Nuno-san 8:34 PM, fevereiro 13, 2009  

Ola Herika,
Tenho andado por aqui, mas nunca comentei ;-)
Estive 10 minutos a rir a' conta da sua historia do sexo em grupo... lindo! Esta' demais!
Bj e ainda bem que tudo afinal correu bem com o emprego.

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

contador de visitas

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP