Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Feliz Ano Novo!

>> quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Começo o ano pedindo desculpas pelo sumiço. Achei que ia conseguir postar com mais frequência mas infelizmente não foi possível. Queria ter feito um post decente pro Natal... Queria ter feito um cartão de Natal... Queria ter mostrado as fotos das meninas... Queria ter feito um post de despedida do ano... Queria ter feito um post para o Ano Novo...
Começo o novo ano como terminei o velho: apreensiva. Com a crise que assola o país (falei difícil agora, heim =p), com tantas demissões nas fábricas, o medo do Helio ser demitido a qualquer momento já me provocou algumas noites de insônia, muita dor de cabeça e muito olho inchado por causa do choro descontrolado. Agora já não choro mais. Relaxei, chega! Não adianta esquentar a cabeça assim, não vai mudar nada e não ajuda. Ontem o Helio voltou do trampo falando que talvez leve kubi* também. Parece que um lá foi cortado e o tantousha* (o mesmo do Helio) falou que as empreiterias só vão ficar lá até o dia 6 de fevereiro. Isto quer dizer, só mais 1 mês, é o tempo do aviso prévio, nem dá pra reclamar. Fui dormir com medo do tantousha bater aqui em casa de manhã. Meu medo foi tanto que acabei acordando às 10 da manhã (horário que ele costuma vir quando precisa entregar algo pro Helio). Não veio, voltei a dormir =p
Meu pc está dando pau e desliga de repente. Está travando direto. Está super-hiper-lotado de coisas que não consigo passar para o DVD. Não está abrindo o UOL, nem nada que tenha uol ou bol no endereço. Portanto meus amigos com blog no UOL, me desculpem mas não consigo ler seus posts inteiros, apenas umas poucas linhas iniciais de cada post no Google Reader. Meu Photoshop resolveu piscar e não consigo editar mais p*rr@ nenhuma.
Comecei o ano como o ano passado e o ano retrasado: com uma puta gripe, febre e garganta inflamadíssima que me deixou sem voz. Já está virando tradição ficar doente no feriado de ano novo, bem quando todo mundo tá no mó gás pra passear, eu não quero sair com medo de piorar. Porque qualquer passeio nessa época do ano significa passar muuuuuuuuuuito frio.
Por falar em frio, a previsão é neve para essa madrugada. O céu tava super estranho de tarde, apesar de não estar TÃO frio assim, só uns 3ºC lá fora, porque aqui dentro tá gostosinho =D

O Helio já me falou pra ligar pra ele se a neve estiver muito alta por aqui (aqui em cima neva mais*) porque não trocamos os pneus ainda. Tristeza...
Esse ano promete ser de grandes mudanças, pelo menos aqui em casa. Vou por as meninas na escolinha (momento enquete: quem chorará mais, eu ou as crianças? =p), vou voltar a trampar (se arrumar um emprego nessa crise toda), talvez o Helio seja cortado e assim vai mudar de emprego também, talvez acabemos indo pra casa do meu irmão em Aichi e arrumar emprego e escola por lá. Vamos ver como fica.
Começo de ano com muita esperança que tudo vai melhorar (pausa para respirar fundo e tomar fôlego). Bora pra batalha gente! ;)

* SAP:
kubi: A tradução literal seria pescoço. É usada essa palavra porque os japoneses usam a expressão "cortar o pescoço" para definir demissão. Seria o equivalente ao nosso "enforcado" quando um sujeito está endividado.

tantousha: Como poderia traduzir isso? Acho que seria o responsável pelo funcionário (?), tipo o capataz dos peões =p

Como é difícil traduzir, não? Apesar de entender perfeitamente as expressões não encontro palavras para traduzir, ainda mais porque não podemos traduzir ao pé da letra. Talvez por isso os tradutores sejam definidos como intérpretes. É muito mais fácil explicar o que significa do que traduzir, fora que estou esquecendo algumas palavras do português o.O

* Disse que aqui em cima neva mais porque minha casa fica em um lugar alto, muuuuuuuuuuito alto. Muitas vezes neva aqui em casa e no resto da cidade (lá embaixo) nem sinal do branquinho detestável. Perdi a conta de quantas vezes fui trampar com o carro coberto de neve e quando chego no estacionamento, SÓ meu carro tem neve. Nota: a fábrica ficava há 5 minutos daqui de casa (5 minutos porque é uma descida só, o carro vai no embalo hahaha).

Depois mostro o que Melissa fez no cabelo dela e no rosto da Karina enquanto eu dormia. E eu que rezei tanto pra que elas puxassem o gênio do pai... Por que filhos tem (não tem mais acento, né) que puxar o que temos de pior na nossa personalidade? Pior que ter que aguentar (não tem mais trema) as "artes" dos filhos é quando reclamar pra mãe ainda ter que ouvir: "Mas você era pior." Ò.õ
Podia dormir sem essa...

4 Comentário(s):

Carol 3:00 AM, janeiro 09, 2009  

é praga de nossas mães.
se eu tiver filhos, serão um horror, tenho certeza.
:-)
vou rezar para que tudo corra bem com vcs.
bjs!

Ca do armario 1:20 PM, janeiro 09, 2009  

Oi Herika, nem me fale em crise...a coisa aqui também vai de mal a pior...
Vcs pensam em vir pra Aichi, vixi esquece...corram pra outro lado, aqui não tem saida mesmo!
Infelizmente nós que estamos aqui não temos pra onde ir...

Eu não gostaria de morar onde neva, rss odeio o frio e principalmente ter que cavar pra sair dela, kkkkk

Boa sorte com as meninas na creche! No começo a gente tem o coração esmigalhado, mas mãe sempre se recupera do momentos ruins. Até se esquece a partir do momento em que vê os filhos bem na creche ou em outro lugar que parecia ser o fim do mundo, rss

Quanto a historia de puxar um ou outro, isso não tem jeito.
O legal é ver a filha crescida, a tua cara...e vem alguem e comenta isso. Dai sua filha olha pra vc e diz: yadá. Como quem diz...tive que puxar ela? :P

Mãe sofre ne?rsss

Beijos, e um 2009 com muito gambatte e esperanças!

Ps: eu sou outra que não tenho postado muito e deixei muita coisa sem fazer no final do ano...essa vida....

Herika 10:12 AM, janeiro 11, 2009  

Carol, nem vejo a hora de te ler falando dos seus pimpolhos =p

Ca, a caoisa tá feia mas temos que batalhar pra tudo melhorar, né.
Filhos, melhor não tê-los, mas se não temos como sabê-los?
Apesar de tudo amo ser mãe ;)

Hidemi 9:37 PM, janeiro 19, 2009  

eu sempre dizia "filho eh como peido, cada um aguenta o seu, e olhe lah"... Mas hoje eu to ensaiando um "que tal vc ir brincar na casa da tia fulana, hj? hein, pimpolhinho da mamae ^^"
ahhh mas a maternidade muda muito nossa forma de encarar a vida (juro que achava que isso era balela de mae)... mas mal posso esperar pra ver meu filhote fazendo trakinagens e me deixando louca... rs (nao muito, espero...)

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

contador de visitas

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP